L-Carnitina


l-carnitineO que é a L-carnitina?

A L-carnitina é um composto de amônio, formado a partir dos aminoácidos Lisina e Metionina.

Existem fontes naturais de L-carnitina?

Sim, a l-carnitina pode ser encontrada em sua forma natural em:

-Peixes;

-Carne vermelha;

-Laticínios.

Qual é a função da L-carnitina no corpo?

Durante a quebra de lipídeos para a disponibilização de energia metabólica a L-carnitina é requerida no meio intracelular para o transporte de ácidos graxos do citosol à mitocôndria.

Ouvi dizer que a L-carnitina ajuda  emagrecer, é verdade?

Quando se descobriu as funções da L-carnitina no corpo humano, se imaginou que com sua suplementação, seria possível otimizar o transporte de ácidos graxos, para fossem utilizados mais eficientemente como fonte energética. Ou seja, um modo de queimar a gordura mais rápido, e disponibilizar-la como combustível para o exercício físico e outras funções metabólicas. Entretanto na prática existem outros fatores limitantes nessa equação. Antes, de entrar nos detalhes desses processos, vamos entender um pouco mais sobre as características da L-carnitina.

Processo metabólico

A L-carnitina é uma substância que nosso corpo tem a capacidade de sintetizar, a partir dos aminoácidos Lisina e Metionina, durante esse processo a ferro, ácido ascórbico, niacina e vitamina B6 são essenciais.

A L-carnitina faz o transporte de uma parte do ácido graxo pra dentro da mitocôndria, onde esse composto vai ser degradado por beta-oxidação em acetil CoA, susbtrato utilizado no ciclo de Krebs, principal via energética do corpo humano. Esses ácidos graxos utilizados no processo, antes de se ligarem com a carnitina devem ser ativados o formando assim um acetil-CoA.

processo metabolico l-carnitinaDurante esse processo metabólico, podemos perceber que existem outros fatores limitantes quanto à produção energética, não somente a L-carnitina. Esse complexo processo metabólico, envolve uma série de enzimas de ativação, e outros substratos, que ainda sim com os níveis de L-carnitina elevado, limitam a produção de energia.

Como podemos ver,  a suplementação de l-carnitina não tem a capacidade de elevar a taxa de oxidação de gordura corporal, nem a velocidade de disponibilização da mesma, uma vez que esse processos possuem outros fatores limitantes. Então para que serve a L-carnitina?

Aplicações clínicas

l-carnitina estrutura

Doenças carciovasculares: papel energético no mecanismo contrátil das células musculares cardíacas, a carnitina tem sido um importante coadjuvante no tratamento de afecções cardiovasculares.

Doença arterial perfiérica: Estudos envolvendo a suplementação oral de L-carnitina e L-propionil-carnitna demonstraram melhora significativa do consumo máximo de oxigênio, da distância máxima percorrida e do tempo de caminhada em indivíduos portadores de doença arterial periférica com diferentes graus de condicionamento quando comparados aos controles.

Doenças renais: A suplementação de carnitina poderia melhorar o perfil hematológico de pacientes em hemodiálise pelo aumento do hematócrito e redução da utilização de eritropoetina, redução da ocorrência de cãibras, redução da percepção de fadiga e aumento da sensação de bem-estar e da qualidade de vida.

Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS): A L-carnitina facilita o transporte de ácidos graxos através da membrana mitocondrial para oxidação e pode melhorar as irregularidades no metabolismo lipídico de pacientes com AIDS, em substituição ao uso de vastatinas.

Aplicações no Esporte

Estudos indicam a possibilidade de que em atividades físicas moderadas (até 60% do consumo máximo de O2) a carnitina pode exercer um efeito chamado de “Glicogen Sparing”, ou seja, efeito poupador do glicogênio, pela facilitação da entrada dos AG na mitocôndria e conseqüente aumento da oxidação.

barriga definida mulherTambém, a carnitina parece exercer vantagens quando da passagem de um exercício físico moderado para um exercício aeróbico submáximo (entre 65 e 85% do volume máximo de O2), devido a um aumento da oxidação total de substratos, principalmente carboidratos e gorduras, conforme os resultados encontrados em pesquisas realizadas no Laboratório de Metabolismo do Instituto de Ciências Biomédicas- I da Universidade de São Paulo (ICB-I USP), onde sob essas condições, os animais submetidos à suplementação de carnitina e exercício físico aumentaram o tempo até a exaustão em 45,85%.

Entretanto, ao mesmo tempo que a suplementação de carnitina pode oferecer as vantagens supra citadas, o aumento total da oxidação de substratos durante a atividade física, principalmente os carboidratos, pode levar a uma fadiga precoce já que sua concentração tem correlação positiva com o tempo de resistência ao esforço. Mesmo assim, acreditamos que se um indivíduo, durante sua atividade física, consumir quantidades adequadas de carboidratos o efeito na redução desses estoques provavelmente estará sanado.

Conclusão

O uso da carnitina como fat-burner não traz nenhum benefício ao usuário, pois como já visto anteriormente, há outros fatores limitantes nesse processo metabólico. Entretanto a l-carnitina vem sendo usada com muito êxito em diversas areas da medicina.

No esporte os efeitos benéficos da suplementação da carnitina só poderão ser alcançados de maneira eficiente em certas situações e sob supervisão de um profisional da área da saúde, mais precisamente um Nutricionista, que analisará o caso, e adequerá a suplementação para a situação específica.

Felipe Monteiro Vazami

Sobre vazami

Nutricionista e publicitário. http://nutramorfose.wordpress.com/
Esse post foi publicado em L-Carnitina e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para L-Carnitina

  1. Diego disse:

    Muito bom, informacoes novas para mim. Um abraco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s